Desabafo! “INOCENTE E VIRGEM RELIGIOSA, SEM CONTATO COM O PECADO E LONGE DAS COISAS MUNDANAS”, (????????) “ME JULGAM PELOS MEUS ATOS, IMAGINAM SE SOUBESSEM O QUE EU PENSO”. (!!!!!!!)

Estou cansada das pessoas me tratarem como a “INOCENTE E VIRGEM RELIGIOSA, SEM CONTATO COM O PECADO E LONGE DAS COISAS MUNDANAS”.

Acredito em Deus? SIM! Mas isso não significa que eu seja religiosa, apenas vivo cristo em minha vida, coisa que muitos cristãos deveriam fazer, mas não fazem e se dizem crentes, esses sim são religiosos, até por que religião é um rotulo dado por pessoas para se identificarem, como os Roqueiros, os Calvinistas, os do PMDB, os Corintianos…

O cristianismo não é apenas acreditar em Deus, mas sim um estilo de vida, completamente diferente de religião, apesar de existirem muitas pessoas que conseguem conciliar uma coisa com a outra, mas mesmo assim, não deixam de ter religiosidade e fugir dos princípios cristãos, sendo um deles: Ame o teu próximo como a ti mesmo!

Mas quem consegue amar a todos como a si mesmo? Ou melhor, quem consegue si amar, a ponto de amar a todos?

Por isso ninguém está protegido contra o pecado, apenas somos livres dele, no entanto somos frutos de uma geração pecadora, e então cabe a nós darmos ou não, continuidade a essa vida cíclica de culpa e rejeição, ou aceitar e reconhecer que todos nós somos pecadores, e que o único santo e puro que passou por nós foi Jesus, e como prova de sua humilhação deu sua vida, para que saibamos admitir o nosso pecado e nos arrependermos dele, não carregando mais nenhum fardo de que temos que chegar a santidade suprema, pois apenas uma pessoa até hoje conseguiu, mas acreditar que isso é possível, e de que devemos nos espelhar nele, pois ele sim é digno de ser visto como Santo e Puro.

Então para que o mundo saiba disso é impossível julgar as coisas sendo elas como mundanas ou não, ou melhor, “secular e gospel”, como se identificam hoje as coisas chamadas de “Deus”, mas que Deus é esse que se ouve nas “músicas gospel”, nos “canais gospel”, que se vêem nas “roupas gospel”, nos “filmes gospel”, Mas não se vivem não se espelham não se imitam.

De que adianta então querer dividir todas as áreas da sociedade em partes, e se afastarem completamente delas julgando elas como “secular e gospel” se não vivermos a verdade no “mundo”, a verdade de saber separar as coisas santas das coisas profanas no mundo em que vivemos, pois se estamos no mundo é no mundo que temos que estar, e não nos separarmos dele, afastando-o de nós, como um universo contaminador de impurezas que vai nos fazer pecar e se perder, que vai nos influenciar, e destruir toda geração, e criar uma barreira em nós aonde só se vive as coisas de “Deus” e não fazem parte do mundo. E ai então o mundo passar a ser um lixo excluído, isolado, esquecido, sem importância, e a consciência do nosso lugar deixa de existir.

E ai por diante as pessoas começam a me julgar por meus atos, e a me condenar, pois as visões de separação de mundos estão em suas mentes, e para elas todo crente é igual, e ser cristão é ser religioso, abominar o pecado e não ter nenhum contato com ele, e tentar separa o santo do profano é ser livre das coisas do mundo. Coisas que não existem e são impossíveis aos olhos Humanos de seres normais, como EU SOU!

A maior falha é essa de acharem realmente que eu sou uma, “Uma inocente virgem religiosa, sem contato com o pecado e livre das coisas mundanas”. Pode parecer invenção, mas esse é o tratamento que eu recebo, e já me cansei dessa palhaçada, eu vivo apenas a vida que meu pai me presenteou para desfrutá-la neste cosmo que me deu como herança. E não para ser canonizada, pelos que vivem no mundo “secular”. Ou até mesmo decapitada. Pois a questão não envolve apenas um lado, mas tem também, os falsos profetas, que se entregam a outros deuses e que se desviam. Muitos desses são os vive no mundo “gospel”, e que querem me decapitar…

Esses “ME JULGAM PELOS MEUS ATOS, IMAGINAM SE SOUBESSEM O QUE EU PENSO”.

Tudo isso por eu não fazer parte dessa divisão e visão deturpadora, e defender a verdade, buscando viver a verdade e denunciar o erro, o erro das pessoas não entender o medo do mundo, o perturbante medo, que o é contrário de amor, e não o ódio que é o que muitos dizem sentir, mas sim o medo, o medo se serem amados, pois aqueles que colocam divisão, constroem barreiras tão agressoras, que geram traumas nas pessoas de serem amadas.

E quando nós cristão nos infiltramos nas áreas da sociedade, para fazermos a diferença seguindo os princípios de um Cristianismo correto e verdadeiro, estamos errados por estarmos abraçando o mundo, nos dado por herança, e levando amor gerada por um espírito de relacionamento e reconciliação, sarando as feridas da alma de muitos órfão abandonados, por Hierarquias da sociedade, deixados sem direitos de igualdade, só por que Deus nos fez diferentes de culturas crenças e raças, isso não significa que não somos iguais, pois respiramos do mesmo ar, nos aquecemos do mesmo sol, tomamos a mesma chuva, o que não há razão para divisórias e condenação.

Independente do que eu pense ou do que eu faça, eu acredito na verdade e a verdade viva está, queira você ou não, me canonizar me decapitar, ou se juntar a mim…

 

Eu sou livre para viver!!!

 

Anúncios

~ por sementesophia em 09/10/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: